• Verti Consultoria

11 Alimentos Tóxicos Para Cães (Parte 1)

Atualizado: Jan 2


Difícil de resistir àqueles olhos pidões quando você está comendo alguma coisa, não é!? Mas saiba que várias alimentos que nós, seres humanos, comemos não fazem nada bem para cachorros. Mas, claro tudo irá depender da quantidade que o peludo comer!


Na verdade, existem muitos alimentos que seu cão nunca deve comer, não apenas por causarem aumento de peso e prejudicarem sua dentição, mas por serem tóxicos para cães! Alguns alimentos que dividimos com os nossos amigos de quatro patas podem deixá-los bastante doentes. Aliás, muitos alimentos que os seres humanos comem não fazem nada bem nem aos próprios seres humanos, o que dirá aos cães!


Claro que em alguns casos os cachorros comem certas coisas por acidente. Quem nunca esqueceu comida em algum lugar, ou deixou o armário de alimentos aberto, e logo depois pegou seus cães desesperadamente comendo tudo, inclusive embalagens?! Quem tem cães sabe que eles conseguem comer MUITO de uma só vez, então uma intoxicação alimentar é algo que facilmente pode acontecer. Para estes casos, é sempre bom saber o que faz mal aos cães para poder informar ao veterinário um possível caso de intoxicação, o que poupa tempo e exames desnecessários. Então vejamos quais os alimentos que mais causam idas súbitas ao veterinário:


1) Xilitol

Doces, balas, pasta de dentes, bolos, e alguns alimentos dietéticos são adoçados com xilitol. Este adoçante pode fazer com que o açúcar no sangue do seu cão caia, e pode também causar problemas no fígado. Os sintomas de intoxicação por xilitol incluem vômitos, letargia, problemas de coordenação, e eventualmente, convulsões. A insuficiência hepática pode ocorrer alguns dias depois da ingestão do xilitol.


2) Abacate e Avocado

Abacates e avocados, possuem uma substância chamada persin, que pode causar vômitos e/ou diarreia em cães. Se você possui abacateiros em casa não deixe seu cão comer os frutos. Além disso, se seu animal conseguir engolir a semente do abacate esta pode ficar presa no intestino ou estômago, e essa obstrução pode ser fatal. Saiba também que existe persin nas folhas, sementes, e na casca dos abacateiros. Então se o seu cão tem o hábito de mastigar e comer qualquer coisa que encontra, é melhor mantê-lo longe destas plantas.


3) Álcool

O álcool tem um efeito semelhante no fígado e no cérebro de um cão como tem sobre as pessoas. Mas é preciso uma pequena quantidade para intoxicar um cão. Apenas um pouco de cerveja, licor, vinho, ou alguma comida com álcool pode fazer seu cãozinho passar mal. Os principais sintomas são vômitos, diarreia, problemas de coordenação, problemas respiratórios, coma, e até mesmo a morte. Quanto menor o cão, pior pode ser a intoxicação.


4) Cebola, Cebolinha e Alho

Mantenha estes alimentos longe do seu cão, pois podem causar danos aos glóbulos vermelhos, causando anemia no seu amigo. Se por engano, ele comer algo com estes ingredientes em pequenas quantidades dificilmente fará mal, mas comer muito de só vez pode causar envenenamento, causando fraqueza, vômitos e problemas respiratórios.


5) Alimentos Com Muito Sal

Não é uma boa ideia dar alimentos muito salgados para cães, como batatas fritas ou pretzels. Comer muito sal, além de causar muita sede, pode levar a uma intoxicação por íons de sódio. Os sintomas do consumo de muito sal incluem vômitos, diarreia, depressão, tremores, alta temperatura, e convulsões. O excesso de sal pode até causar a morte, dependendo da quantidade e da sensibilidade do cão.


6) Especiarias: Noz-Moscada, Canela e Outras

A noz-moscada contém uma toxina chamada miristicina, que pode causar dor de estômago mesmo se uma pequena quantidade for ingerida. Em quantidades maiores a toxicidade da miristicina pode causar sintomas como alucinações, desorientação, aumento da frequência cardíaca, pressão arterial elevada, boca seca, dor abdominal, e possivelmente convulsões. Estes sintomas podem durar até 48 horas. Já a canela pode ser tóxica por causa dos óleos essenciais que ela contém, podendo irritar o trato digestivo do animal causando dores estomacais, vômitos e diarreia.


7) Fermentos: Incluindo Bicarbonato de Sódio e Massas Cruas/Mal Assadas

Fermento em pó e bicarbonato de sódio são ambos altamente tóxicos para cães.

Por isso, mantenha estes ingredientes fora do alcance do seu cão e as portas da despensa fechadas. A massa com fermento pode causar acúmulo de gás no sistema digestivo do seu animal. Isso pode ser doloroso e pode causar dilação no estômago, e potencialmente torcê-lo, o que pode acabar se tornando um caso de vida ou morte. O fermento produz etanol como subproduto e o cão que ingerir massa de pão crua pode ter todos os sintomas da ingestão de álcool, somados aos problemas relacionados com a fermentação da massa no seu sistema digestivo (ver álcool).

Artigo publicado na Revista dos Vegetarianos - Julho 2019.

Acesse a segunda parte do artigo aqui, com mais 5 alimentos potencialmente tóxicos e alguns exemplos de alimentos seguros para dar aos cães.


Gostou do artigo?! Alguma vez seu cachorro sofreu intoxicação alimentar? Conte pra gente!


#verticonsultoria #toxicologia #saudeanimal #cachorro #dog #pet #cao #cão #cães #amocachorro #alimentostóxicosparacães #alimentosnocivosparacães #saúdedocao #nutricaoanimal #nutrição #nutriçãodecão #doglover #instapet #comidadecachorro #alimentodecachorro

37 visualizações1 comentário

Fale conosco!

Email: consultoria.verti@gmail.com

Tel: +55 (51) 9 9662 1344 (WhatsApp)

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone LinkedIn

© 2020 por Verti Consultoria

Toxicologia - Saúde - Meio Ambiente