• Verti Consultoria

Esqueça o Filme Plástico e Suas Toxinas - Veja 4 Alternativas

Atualizado: Set 10

A película transparente que hoje conhecemos como filme plástico foi originalmente criada através de um erro em um laboratório de química nos anos 30, que formou um resíduo pegajoso. Os militares foram os primeiros a usá-lo para impermeabilizar suas botas e aviões. Hoje, consumidores de todo o mundo, têm diversas marcas de filme plástico disponível no mercado, que podem ser feitos de polietileno de baixa densidade (PEBD), policloreto de vinila (PVC) e polietileno.


O filme plástico é um exemplo de "plástico de utilização única", que está levando muitos de nós a procurar alternativas, não só por poluir o ambiente mas também por poluir os alimentos com toxinas do plástico. O filme plástico, em suas diferentes versões, pode ser prejudicial à saúde, sendo considerados como tal pela comunidade médico-científica.


As substâncias presentes em invólucros de plástico podem migrar para os alimentos, especialmente em se tratando de alimentos gordurosos (como carnes e queijos) ou ácidos (como frutas cítricas e tomate). O aquecimento e o congelamento também aumentam a transferência de toxinas do plástico para os alimentos. Nestes casos, o filme plástico é um material particularmente preocupante por ser frequentemente usado em contato direto com os alimentos. Por ser frágil, esse tipo de invólucro é mais propício a transferir substâncias do plástico (ou suas partículas!) para os alimentos. Para completar, o plástico não é biodegradável e acaba indo parar em lixões, poluindo a terra, as águas e sendo ingerido por animais.


Se você não começou a substituir o plástico por outros materiais melhores para sua saúde e para o meio ambiente, saiba que com uma mudança por vez isso pode ser feito facilmente! Hoje existem muitas alternativas mais saudáveis e reutilizáveis! Veja abaixo algumas sugestões para ajudar você a deixar o filme plástico no passado:


1) Tecido encerado

Uma das funções do filme plástico é cobrir os alimentos para evitar a proliferação de microorganismos e para preservar melhor os alimentos durante a refrigeração. Pois um tecido de algodão encerado faz exatamente isso! Por ser um tecido maleável, impermeável e moldável, o tecido encerado é perfeito para envolver alimentos ou ser colocado sobre tigelas. Por isso este material é um dos principais substitutos do filme plástico. O tecido encerado pode ser reutilizado inúmeras vezes e pode ser facilmente limpo com um pano úmido com água fria. No final da sua vida útil, o tecido encerado pode simplesmente ir para a compostagem sem deixar resíduos.

Dica 1: Existem no mercado tecidos revestidos com PVC para cobrir alimentos, mas lembre-se que o PVC é plástico e é tóxico. Portanto, prefira tecidos encerados com ceras (ou resinas) de origem vegetal. Você pode fazer facilmente seu tecido encerado em casa através de tutoriais na internet.

Dica 2: Existem também tampas de recipientes feitas de tecido encerado com um elástico nas bordas, que podem ser moldados ao redor de qualquer tigela.

Dica 3: Envolva seu sanduíche em um tecido encerado ao invés de usar filme plástico. Por ser mais grosso que o plástico, o tecido encerado ajuda a manter seu sanduíche íntegro e, cá entre nós, é uma opção muito mais bonita e elegante do que o plástico!

Dica 4: Envelopes de tecido encerado são uma ótima opção para guardar alimentos secos para transporte, ou para o armazenamento no congelador ou refrigerador.

Dica 5: Tecido encerado é perfeito para embrulhar queijos, pois não facilita a proliferação de bolores.


2) Recipientes com tampa

Essa você já sabia… mas vale lembrar que ao colocar as sobras de alimentos em recipientes tampados dispensa o uso do filme plástico para embrulhá-los. Os melhores recipientes de armazenamento são feitos de vidro ou aço inoxidável, pois não liberam substâncias na comida como o plástico.


3) Sacos de silicone reutilizáveis

Os sacos herméticos feitos de silicone alimentício são bastante duráveis e são uma forma prática de armazenar tanto alimentos secos como molhados. Podem ser utilizados no congelador e são laváveis em máquina de lavar louças.


4) Tampas de silicone

O silicone alimentício é uma alternativa segura para cobrir recipientes com alimentos, e que pode ser lavado em máquina de lavar louças e pode ser

utilizado em microondas ou congelador.


Porque o filme plástico é ruim para a saúde

Um dos principais grupos de substâncias nocivas presentes no filme plástico são os ftalatos, utilizados para amolecer o plástico. Quando os ftalatos entram no nosso corpo, afetam o nosso balanço hormonal, por isso são conhecidos como desreguladores endócrinos. Os ftalatos atuam como hormônios no nosso corpo e podem estimular o surgimento de câncer, problemas nos órgãos reprodutivos e vários outros problemas de saúde. De acordo com a

Organização Mundial de Saúde tanto o plástico PVC como o PEBD podem liberar substâncias altamente tóxicas chamadas dioxinas. As dioxinas podem causar problemas reprodutivos e de desenvolvimento, danificar o sistema imunológico, interferir com o sistema endócrino e também causar câncer.


Porque o filme plástico é ruim para os animais marinhos

Em ambientes marinhos, o filme plástico contribui para a crise de poluição plástica que vivemos. Mas ao contrário de outros plásticos, os cientistas descobriram que este material faz um excelente trabalho na coleta de bactérias e metais. Assim, os pedacinhos de plástico filme contaminados são ingeridos por seres marinhos aquáticos que os confundem com comida e acabam morrendo.

Porque o filme plástico não é reciclado

Plásticos finos e frágeis como o plástico filme são difíceis de reciclar sem equipamento especializado, pois entopem as máquinas. Além disso a reciclagem deste tipo de plástico ainda é mais cara do que a utilização de materiais virgens. Por isso que o filme plástico acaba em aterros ou incineradores, e quando incinerado polui o ar com dioxinas. Diante disso o melhor mesmo é acabar com o problema na fonte: recusando o uso e a compra do filme plástico.

Os combustíveis fósseis, e seus derivados como o plástico, estão profundamente enraizados na nossa sociedade e livrar-se deles não é uma coisa que se faz de um dia para o outro. Por outro lado, a humanidade precisa se tornar muito mais eficiente em reciclar materiais antes de justificar o uso intensivo de plástico em tantos produtos de consumo. De toda a forma, um meio eficaz de sinalizarmos que estamos prontos para uma mudança é evitando a compra de produtos envoltos em filme plástico sempre que possível. Um gesto que protege a nossa saúde e reduz a quantidade de plástico no meio ambiente que nos sustenta!


E você?! Já substituiu o plástico filme por alternativas?


Precisa de ajuda? Oferecemos consultoria online sobre estilo de vida livre de toxinas. Entre em contato para obter mais informações.


Revista dos Vegetarianos - Julho/2020

#verticonsultoria #toxicologia #saude #meioambiente #sustentabilidade #chegadeplástico #naoaoplastico #plastico #BPA #bisfenolA #toxinasdoplástico #problemasendócrinos #disturbiosendocrinos #cancer #infertilidade #obesidade #filmeplastico #plasticofilme #filmeplástico #plasticwrap


71 visualizações

Fale conosco!

Email: consultoria.verti@gmail.com

Tel: +55 (51) 996621344 (WhatsApp)

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone LinkedIn

© 2020 por Verti Consultoria

Toxicologia - Saúde - Meio Ambiente