• Verti Consultoria

Panelas Saudáveis



Saiba como escolher suas panelas!

Imagine a seguinte situação: você acabou de chegar em casa e está se preparando para cozinhar uma refeição “dos deuses” feita com alimentos frescos, deliciosos e orgânicos. Está ansioso para testar aquela receita que você descobriu na Revista dos Vegetarianos, e convidar amigos e família para experimentar a comida saudável e saborosa que você irá preparar. Mas espere! Será que aquela panela que você usa para refogar os alimentos libera substâncias tóxicas?


Se você se interessa por alimentação saudável, ou simplesmente curte preparar pratos saborosos, então você se importa com a sua alimentação. Mas você já pensou de que materiais suas panelas são feitas? Pois bem, existem panelas feitas de materiais que liberam toxinas nos alimentos, e no final das contas você pode preparar pratos fantásticos, orgânicos e nutritivos, mas que poderão ter resíduos de metais pesados, compostos perfluorados (PFCs), e outras substâncias nada desejáveis.


Utilizar utensílios de cozinha insalubres para cozinhar alimentos saudáveis simplesmente não faz nenhum sentido. Na reportagem anterior explicamos sobre utensílios de cozinha seguros, e quais deveriam ser banidos. Já nesta reportagem, falamos especificamente de panelas. Aqui vamos ajudar você a escolher panelas seguras e saudáveis, e a identificar as que podem estar intoxicando aos poucos você, sua família e amigos.


Reportagem publicada na Revista dos Vegetarianos. Dezembro/2019

Panelas com revestimentos antiaderentes (tipo Teflon)

As panelas com revestimento tipo Teflon são as mais prejudiciais à saúde de todas na nossa lista! Sabemos que essas panelas são práticas, leves e muitas vezes não necessitam de óleo para preparar os alimentos. Mas o que nem todos sabem é que o seu revestimento quando aquecido libera toxinas nos alimentos e também no ar. A toxicidade é tal que os rótulos dos fabricantes destas panelas costumam avisar aos consumidores para que não utilizem calor elevado nestes produtos. No entanto, testes financiados por grupos independentes como o Environmental Working Group (EWG) mostram que após apenas alguns minutos em fogo médio a maioria dos revestimentos antiaderentes começam a romper-se, emitindo toxinas.

Quando usamos panelas anti-aderentes tipo Teflon para fritar um ovo ou refogar vegetais, podemos não ter sintomas imediatos nos mostrando sua toxicidade. Mas está documentado que utensílios de cozinha com revestimento antiaderente tipo Teflon quase sempre contêm um produto químico chamado ácido perfluorooctanóico (PFOA), que de acordo com a American Cancer Society, tem o potencial de contribuir para o surgimento de câncer, incluindo câncer de mama, próstata e ovário.

As propriedades antiaderentes dos revestimentos tipo Teflon são obtidas através do PTFE (politetrafluoroetileno), que é um polímero plástico que também libera toxinas quando aquecido. O uso constante de panelas antiaderentes também está relacionado à danos ao fígado, infertilidade, danos à tireóide, e atrasos no crescimento e desenvolvimento de crianças.

Outro problema com as panelas antiaderentes é que elas podem conter outras substâncias danosas à saúde, pois muitos fabricantes utilizam revestimentos antiaderentes de baixa qualidade.

Dica: Se você realmente precisar cozinhar em panelas com revestimento antiaderente compre-as de fabricantes confiáveis, certifique-se de usá-las apenas em fogo baixo, abra as janelas ao usá-las e mexa os alimentos em cozimento com utensílios de madeira. Isso irá minimizar os danos ao revestimento da panela e à sua saúde. O ideal seria substituir suas panelas com revestimento tipo Teflon por panelas com revestimento cerâmico ou esmaltadas, que são mais seguras.

Parecer: As panelas com revestimento antiaderente tipo Teflon devem ser evitadas, pois podem causar sérios danos à saúde a longo prazo.


Peculiaridade:

Os fumos tóxicos liberados pelos revestimentos tipo Teflon podem causar sintomas momentâneos semelhantes aos da gripe. Estes sintomas são chamados de febre dos fumos de polímero, informalmente conhecida como “gripe Teflon”. Estes fumos tóxicos não só são perigosos para as pessoas, mas são também fatais para aves de estimação. As aves expostas aos vapores nocivos, emitidos por panelas revestidas com politetrafluoroetileno (PTFE), podem sofrer de um condição respiratória chamada de “toxicose por PTFE” que frequentemente leva as aves à morte.


Panelas de alumínio

As panelas de alumínio costumam ser mais baratas e leves, mas estas panelas também podem ser prejudiciais à saúde. O alumínio é um metal macio e altamente reativo e pode migrar em quantidades significantes para os alimentos quando usado para cozinhar. Está documentado que resíduos deste metal podem se soltar das panelas e contaminar os alimentos. A quantidade de alumínio que irá migrar para os alimentos à partir de utensílios de alumínio, como panelas e colheres, depende de alguns fatores. Alimentos ácidos, como o molho de tomate, causam mais lixiviação de alumínio em comparação à alimentos menos ácidos. O contato prolongado dos alimentos com este metal, durante o cozimento ou armazenamento, também aumenta a quantidade de alumínio liberado nos alimentos.

Quando você ingere resíduos de alumínio, eles irão acumular nos seus órgãos internos, incluindo cérebro, fígado, coração e ossos, e podem eventualmente causar doenças. O alumínio tem sido ligado a distúrbios cerebrais, bem como anormalidades comportamentais e é considerado uma substância tóxica pela Agency for Toxic Substances & Disease Registry.

Dica: É melhor evitar utensílios de alumínio, mas se você escolher manter um ou outro item de estimação feitos deste material, não os use com frequência.

Parecer: Panelas de alumínio não são seguras, pois o alumínio migra dos utensílios para os alimentos e pode contribuir para o aparecimento de doenças.


Panelas de ferro fundido

Panelas de ferro fundido duram muito tempo, e muitas vezes são passadas entre gerações em perfeito estado. Estas panelas mantém muito bem o calor e permitem que os alimentos aqueçam e cozinhem uniformemente. As desvantagens destas panelas é que são pesadas, e em algumas casos devem ser untadas com óleo de cozinha para evitar que enferrujem. Estas panelas não devem ser lavadas em máquina de lavar louças, e devem ser completamente secas após o uso.

Assim como panelas feitas de outros metais, como alumínio, as panelas de ferro também liberam ferro nos alimentos. Por isso, se você tem deficiência de ferro, os utensílios de cozinha em ferro fundido podem ser uma maneira simples, mas altamente imprecisa, de adicionar ferro à sua dieta, mas devem ser utilizadas com cautela para que você não obtenha ferro em excesso.

Dica: Procure comprar panelas de ferro de marcas confiáveis, para ter certeza de que as panelas sejam feitas de puro ferro fundido, sem outros metais em sua composição. Se você tiver a sorte de herdar panelas de ferro de sua avó não se preocupe, pois panelas de ferro antigas costumam ser de boa qualidade.

Parecer: Panelas de ferro são consideradas seguras, especialmente se não apresentarem ferrugem.


Panelas de aço carbono

Panelas de aço carbono podem ter uma aparência semelhante às de ferro fundido, mas são mais leves, o que facilita a sua utilização e armazenamento, e podem suportar temperaturas muito altas. Costumam custar menos do que panelas de ferro fundido ou aço inoxidável. Como o ferro fundido, o aço carbono requer um procedimento especial (tempero) antes de ser utilizado. Mas as principais desvantagens deste material é que ele oxida com facilidade, desenvolvendo uma camada acastanhada, o que irá afetar o sabor dos alimentos. Este material degrada-se na presença de alimentos ácidos como tomate, e pode lixiviar altas quantidades de ferro nos alimentos, o que é indesejável. Tal como o ferro fundido, panelas em aço carbono não devem ser lavadas em maquina de lavar louças. Estas panelas também aquecem mais devagar e não retém o calor tão bem como o ferro fundido, costumam ser pouco duráveis e depois que o aço carbono oxida essas panelas são geralmente descartadas.

Parecer: Panelas de aço carbono são seguras apenas quando não estão oxidadas, pois a oxidação auxilia na lixiviação do ferro nos alimentos em quantidades indesejáveis. Infelizmente, este material é pouco durável e a sua oxidação deixa um sabor metálico nos alimentos.


Panelas de aço inoxidável

Panelas de aço inoxidável são uma escolha saudável e muito durável. Este material funciona bem em panelas de pressão e panelas grandes para preparar sopas, legumes cozidos, e grãos. No entanto, o aço inoxidável não é ideal para fritar ou saltear, pois não é antiaderente. Este tipo de panela requer água ou algum óleo para evitar que a comida grude. Panelas de aço inoxidável de alta qualidade custam um pouco mais, mas tenha em mente que uma panela de aço inoxidável de qualidade poderá durar décadas.

Panelas de aço inoxidável profundamente arranhadas e perfuradas podem lixiviar metais (níquel e cromo) nos alimentos em quantidades vestigiais, que dificilmente irão causar problemas de saúde. Mas para estar no lado seguro, use sempre colheres de madeira ou bambu para mexer os alimentos.

Dica: Evite ao máximo usar produtos abrasivos e esponjas de aço no lado de dentro de suas panelas metálicas, pois as chances de você ingerir resíduos de metal, após este procedimento, são altíssimas. Deixe-as de molho caso a comida grude, ou em caso de alimentos queimados no fundo das panelas deixe-as de molho em água morna e algumas colheres de bicarbonato de sódio de um dia para o outro. Isso ajudará a soltar os alimentos queimados de suas panelas.

Parecer: Panelas de aço inoxidável, se de boa qualidade, não apresentam riscos à saúde e são muito duráveis.


Panelas esmaltadas

O revestimento de porcelana - feito de vidro em pó - torna qualquer panela à prova de ferrugem e fácil de manter. Esta versão é naturalmente antiaderente, e não é necessário qualquer tempero antes de utiliza-las. Este material não lixivia produtos químicos ou ferro, não é afetada por alimentos ácidos, é relativamente leve e funciona em fogões de indução. Panelas de fabricantes de confiança são duráveis, mas com o tempo o revestimento de esmalte pode se degradar. Assim, você pode precisar substituir panelas muito usadas depois de alguns. Panelas de ferro fundido esmaltadas são uma boa opção para quem deseja lavá-las na máquina de lavar louças.

Parecer: Panelas esmaltadas, quando de boa procedência, são antiaderentes e seguras para cozinhar. Mas quando o revestimento esmaltado for danificado as panelas devem ser substituídas.


Panelas de vidro

O vidro não é reactivo, o que significa que não libera químicos na comida. Por isso é um dos melhores materiais existentes para utensílios de cozinha. Também é seguro para colocar no microondas e na máquina de lavar louça, e são boas para a utilização em fogões elétricos. Além disso, é interessante ver a comida sendo cozida em panelas transparentes. As desvantagens destas panelas é que ainda são difíceis de encontrar, muitas vezes custam caro, não devem ser colocadas em superfícies frias quando estiverem quentes, são mais pesadas e mais frágeis do que outras panelas, não funcionam em fogões de indução e algumas não são seguras para a utilização em fogões à gás, além de não serem antiaderentes.

Dica: Se você deseja experimentar cozinhar com panelas de vidro compre uma e teste para ver o que você acha, e apenas depois compre outras.

Parecer: O vidro é um material altamente seguro para ser utilizado em contato com os alimentos, pois não absorve ou libera substâncias, o que faz das panelas de vidro uma opção bastante segura para cozinhar.


Panelas de cerâmica ou revestidas com cerâmica

Cerâmica ou cerâmica revestida são opções de panelas saudáveis por uma série de razões. Com utensílios de cozinha 100% cerâmicos, você não precisa se preocupar com revestimentos ou lixiviação de produtos químicos. Você pode assar com eles e usar no fogão sem preocupação. Outras vantagens da cerâmica são a sua resistência aos arranhões e a lenta cozedura dos alimentos. Panelas com revestimento cerâmico funcionam em fogões de indução, mas panelas 100% cerâmica não. Outra desvantagem é que, embora sejam fortes, as panelas de cerâmica maciça podem quebrar quando cairem sobre uma superfície dura.

Certifique-se de que a cerâmica de suas panelas seja livre de chumbo, cádmio, substâncias poli- e perfluoroalquílicas (PFAs) e ácido perfluorooctanóico (PFOA) - um químico carcinogênico liberado quando as PFAs são aquecidas. Embora esses produtos químicos sejam comuns em panelas com revestimento cerâmico, não é muito difícil encontrar panelas sem eles. Os fabricantes geralmente incluem "livre de PFA", "livre de PFOA" e "livre de chumbo e cádmio" em suas embalagens ou websites.

Dica: Lembre-se que as panelas com revestimento antiaderente cerâmico ainda não possuem a mesma capacidade antiaderente que os revestimentos tipo Tefon, mas aos poucos esta tecnologia está sendo aprimorada. A maioria dos revestimentos cerâmicos existentes no mercado hoje necessitam ser pré aquecidos, com pelo menos uma colher de chá de óleo que deve ser espalhado por toda a base da panela, antes que sejam colocados os alimentos para fritar e refogar. Apenas assim você garante que os alimentos não irão grudar.

Parecer: Panelas de cerâmica de qualidade são bastante seguras para cozinhar alimentos. Já panelas revestidas com cerâmica podem conter “ingredientes indesejáveis” no revestimento, por isso compre-as de fabricantes confiáveis, que garantam que o revestimento seja livre de PFA, PFOA, chumbo e cádmio.


Panelas de titânio

O titânio é um dos metais mais fortes encontrados na Terra. É leve e tem a maior relação força/peso do que qualquer outro metal existente no nosso planeta. O Titânio tem a mesma força que o aço inoxidável, tendo apenas a metade do peso. Este metal é muitas vezes usado para fazer instrumentos cirúrgicos porque é considerado um metal "biocompatível", ou seja, não reage negativamente com o corpo humano.

Os utensílios de cozinha feitos com titânio são mais leves, duráveis, e não liberam substâncias tóxicas na comida. Além disso, o titânio é altamente resistente à ferrugem e aos arranhões. Quando exposto ao ar e à água, o titânio reage com o oxigénio criando um escudo natural de dióxido de titânio à sua volta para impedir a sua oxidação. Legal, não é?! No entanto, as panelas de titânio demoram um pouquinho mais para aquecer, e nem todas as panelas de titânio são anti-aderentes, especialmente se forem 100% titânio. Algumas panelas de titânio podem ser usados em fogões de indução, mas nem todas.

Parecer: Panelas de titânio são seguras, leves e muito duráveis. Este metal não libera toxinas na comida e não oxida.


Como você pode ver, hoje em dia existem muitas opções de panelas saudáveis: ferro fundido, vidro, esmaltadas, titânio, cerâmica, revestimentos de cerâmica antiaderente, e outras. Para saber quais são as panelas mais adequados para você, considere sempre os materiais usados em sua fabricaçao. Os utensílios de cozinha tendem a ser uma daquelas coisas na vida em que se obtém o que se paga.


A longo prazo, você ficará melhor com uma panela durável que resistirá ao calor, aos solavancos e ao uso diário sem se deteriorar. Ninguém gosta de descartar uma panela depois de apenas um ano ou dois de uso, e no final das contas o custo benefício será maior se fizermos compras inteligentes, escolhendo utensílios que durem bastante.

No geral, panelas duráveis costumam ser as opções mais saudáveis. Por exemplo, normalmente panelas de ferro fundido e de aço inoxidável de boa qualidade duram décadas, enquanto a maioria das panelas e frigideiras com revestimento antiaderente tipo Teflon se desgastam em um poucos anos.


Lembre-se, utensílios de cozinha sustentáveis e saudáveis podem tornar-se como um velho amigo, pois além de garantir um cozimento sem toxinas indesejáveis, podem durar uma vida inteira.


Leia mais:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28913736

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3621179/

https://www.epa.gov/sites/production/files/2017-12/documents/ffrrofactsheet_contaminants_pfos_pfoa_11-20-17_508_0.pdf



#verticonsultoria #toxicologia #saude #saudeebemestar #saudebemestar #saudenatural #saudeetudo #evitartoxinas #livredetoxinas #semtoxinas #toxinas #toxinasambientais #bemestar #saúdepreventiva #saudepreventiva #qualidadedevida #vidasaudável #vidasaudavel #alimentacaosaudável #alimentacaosaudavel #detox #revistadosvegetarianos #revistavegetarianos #vegetarianos #teflon #panelasantiaderentes #PFOA #PTFE #PFCs

11 visualizações

Fale conosco!

Email: consultoria.verti@gmail.com

Tel: +55 (51) 9 9662 1344 (WhatsApp)

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone LinkedIn

© 2020 por Verti Consultoria

Toxicologia - Saúde - Meio Ambiente